Apostila TRE PI - ANALISTA Judiciário - Área JUDICIÁRIA - Teoria + 7.500 Exercícios - Concurso 2015

Mais Imagens

Apostila TRE PI - ANALISTA Judiciário - Área JUDICIÁRIA - Teoria + 7.500 Exercícios - Concurso 2015
R$65,00

Disponível: Em estoque


Formas de Pagamento
PagSeguro

Apostila TRE PI - ANALISTA Judiciário - Área JUDICIÁRIA - Teoria + 7.500 Exercícios - Concurso 2015

Descrição

ATENÇÃO: APOSTILA TRE PI - ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA JUDICIÁRIA - Edital 2015 - com toda Teoria e + de 7.500 Exercícios.

Por apenas R$ 65,00


SOBRE A APOSTILA:

 - Contém Todas as Matérias exigidas no edital e mais de 7.500 exercícios com gabaritos!

LÍNGUA PORTUGUESA: 

1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 
2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 
3 Domínio da ortografia oficial. 
4 Domínio dos mecanismos de coesão textual.
4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 
4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 
5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 
5.1 Emprego das classes de palavras. 
5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 
5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 
5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 
5.5 Concordância verbal e nominal. 
5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 
5.8 Colocação dos pronomes átonos. 
6 Reescrita de frases e parágrafos do texto.
6.1 Significação das palavras. 
6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 
6.3 Reorganização da
estrutura de orações e de períodos do texto. 
6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 
7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da 
Presidência da República).
7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 
7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 
7.4 Adequação do formato do texto ao gênero. 

NOÇÕES DE INFORMÁTICA:

1 Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2 Edição de
textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice). 
3 Redes de computadores.
3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de 
Internet e intranet. 3.2 Programas de
navegação (Microsoft Internet Explorer e Mozilla Firefox). 
3.3 Conceito de programas de correio eletrônico.
3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 
3.6 Redes sociais. 
4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, a
rquivos, pastas e programas. 
5 Segurança da informação.
5.1 Aplicativos para segurança ANTIVÍRUS, anti-spyware.). 
5.2 Procedimentos de backup.
5.3 Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

NORMAS APLICÁVEIS AOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS: 

1 Processo Administrativo no âmbito da
Administração Pública Federal (Lei nº 9.784/1999). 
1.1 Das disposições gerais. 
1.2 Dos direitos e deveres dos administrados. 
1.3 Da competência. 
1.4 Dos impedimentos e da suspeição. 
1.5 Da motivação. 
1.6 Dos prazos. 
2 Regime jurídico dos servidores públicos civis da União 
(Lei nº 8.112/1990, e suas alterações).
2.1 Provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição.
2.2 Direitos e vantagens. 2.3 Regime disciplinar. 
2.3.1 Deveres, proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades. 
2.3.2 Processo administrativo disciplinar.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO GERAL: 

1 Planejamento organizacional: planejamento estratégico, tático e operacional.
1.1 conceito, missão, visão, valores, objetivos estratégicos, indicadores e iniciativas. 2 Balanced ScoreCard - BSC: conceito, perspectivas, processos de criação de valor, ativos intangíveis e mapa estratégico. 
3 Gestão de processos. 
3.1 Conceitos de processo e gestão de processos. 
3.2 Diferença com gestão por processos.
3.3 Mapeamento. 3.4 Modelagem de processos. 
4 Gerenciamento de projetos usando a metodologia do PMI.
4.1 Conceitos de projeto, PMP, PMBOK, patrocinador, escritório de projetos e gerente de projetos.
4.2 EAP. 4.3 Grupos de processos de gerenciamentos de projetos. 
4.4 Áreas do conhecimento em gerenciamento de projetos. 
5 Gestão por competências. 
5.1 Conceitos de competência e gestão por competências. 
5.2 Competências individuais organizacionais. 
5.3 Mapeamento e mensuração de competências. 
5.4 Avaliação de desempenho por competências.

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ.

CÓDIGO DE ÉTICA DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ. 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DE ANALISTA JUDICIÁRIO - JUDICIÁRIA

DIREITO ADMINISTRATIVO: 

1 Introdução ao direito administrativo. 
1.1 Origem, natureza jurídica e objeto do direito administrativo. 
1.2 Os diferentes critérios adotados para a conceituação do direito
administrativo. 1.3 Fontes do direito administrativo. 
2 Administração Pública. 2.1 Administração Pública em
sentido amplo e em sentido estrito. 
2.2 Administração Pública em sentido objetivo e em sentido subjetivo.
3 Regime jurídico-administrativo. 3.1 Conceito. 
3.2 Conteúdo: supremacia do interesse público sobre o
privado e indisponibilidade, pela Administração, dos interesses púbicos. 
3.3 Princípios expressos e
implícitos da Administração Pública. 
3.4 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores. 
4 Organização administrativa. 4.1 Centralização, descentralização, concentração e desconcentração. 4.2 Administração
direta. 4.2.1 Conceito. 4.2.2 Órgão público: 
conceito; teorias sobre as relações do Estado com os agentes
públicos; características; e classificação. 
4.3 Administração indireta. 4.3.1 Conceito. 4.3.2 Autarquias.
4.3.3 Agências reguladoras. 4.3.4 Agências executivas. 
4.3.5 Fundações públicas. 4.3.6 Empresas públicas.
4.3.7 Sociedades de economia mista. 
4.3.8 Consórcios públicos. 4.4 Entidades paraestatais e terceiro setor.
4.4.1 Serviços sociais autônomos. 
4.4.2 Entidades de apoio. 4.4.3 Organizações sociais. 
4.4.4 Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP).
4.5 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores.
5 Atos administrativos. 5.1 Conceito.
5.2 Fatos da administração, atos da administração e atos administrativos.
5.3 Requisitos ou elementos. 5.4 Atributos. 
5.5 Classificação. 5.6 Atos administrativos em espécie.
5.7 Extinção dos atos administrativos:
Revogação, anulação e cassação. 
5.8 Convalidação. 5.9 Vinculação e
discricionariedade. 5.10 Atos administrativos nulos, anuláveis e inexistentes. 
5.11 Decadência administrativa. 
5.12 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores. 
6 Processo administrativo. 
6.1 Lei nº 9.784/1999. 6.2 Disposições doutrinárias aplicáveis. 
6.3 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores.
7 Poderes e deveres da administração pública: 
7.1 Poder regulamentar. 7.2 Poder hierárquico. 
7.3 Poder disciplinar. 7.4 Poder de polícia. 
7.5 Dever de agir. 7.6 Dever de eficiência. 7.7 Dever de probidade.
7.8 Dever de prestação de contas.
7.9 Uso e abuso do poder. 
7.10 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores. 
8 Licitações. 8.1 Legislação pertinente. 
8.1.1 Lei nº 8.666/1993, e suas alterações. 8.1.2 Lei
nº 10.520/2002 e demais disposições normativas relativas ao pregão. 
8.1.3 Decreto nº 7.892/2013 (sistema de registro de preços). 
8.1.4 Lei nº 12.462/2011, e suas alterações 
(Regime Diferenciado de Contratações
públicas). 8.1.5 Fundamentos constitucionais.
8.2 Disposições doutrinárias. 8.2.1 Conceito. 
8.2.3 Objeto e finalidade. 8.2.4 Destinatários. 8.2.5 Princípios. 
8.2.6 Contratação direta: dispensa e inexigibilidade.
8.2.7 Modalidades. 8.2.8 Tipos. 8.2.9 Procedimento. 
8.2.10 Anulação e revogação. 8.2.11 Sanções administrativas. 
8.3 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores. 
9 Contratos administrativos.
9.1 Legislação pertinente. 
9.1.1 Lei nº 8.666/1993, e suas alterações. 
9.1.2 Lei nº 11.107/2005 e Decreto nº 6.017/2007 (consórcios públicos). 
9.2 Disposições doutrinárias. 9.2.1 Conceito. 
9.2.2 Características.
9.2.3 Vigência. 9.2.4 Alterações contratuais. 
9.2.5 Execução, inexecução e rescisão. 
9.2.6 Convênios e instrumentos congêneres.
9.2.7 Consórcios públicos.
9.3 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores.
10 Controle da Administração Pública. 
10.1 Conceito. 10.2 Classificação das formas de controle.
10.2.1 Conforme a origem. 10.2.2 Conforme o momento a ser exercido. 
10.2.3 Conforme a amplitude.
10.3 Controle exercido pela Administração Pública.
10.4 Controle legislativo. 10.5 Controle judicial.
10.6 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores. 
11 Improbidade administrativa. 11.1 Lei nº 8.429/1992.
11.2 Disposições doutrinárias aplicáveis. 
11.3 Jurisprudência aplicada dos tribunais
superiores. 12 Agentes públicos. 
12.1 Legislação pertinente. 12.1.1 Lei nº 8.112/1990, e suas alterações.
12.1.2 Disposições constitucionais aplicáveis. 
12.2 Disposições doutrinárias. 12.2.1 Conceito.
12.2.2 Espécies. 12.2.3 Cargo, emprego e função pública. 
12.2.4 Provimento. 12.2.5 Vacância.
12.2.6 Efetividade, estabilidade e vitaliciedade. 1
2.2.7 Remuneração. 12.2.8 Direitos e deveres.
12.2.9 Responsabilidade. 12.2.10 Processo administrativo disciplinar. 
12.2.11 Regime de previdência.
12.3 Jurisprudência aplicada dos tribunais superiores.

DIREITO CONSTITUCIONAL: 

1 Constituição. 1.1 Conceito, objeto, elementos e classificações.
1.2 Supremacia da Constituição. 1.3 Aplicabilidade das normas constitucionais. 
1.4 Interpretação das normas
constitucionais. 1.4.1 Métodos, princípios e limites. 
2 Poder constituinte. 2.1 Características. 2.2 Poder
constituinte originário. 2.3 Poder constituinte derivado.
3 Princípios fundamentais. 4 Direitos e garantias
fundamentais. 4.1 Direitos e deveres individuais e coletivos.
4.2 Habeas corpus, mandado de segurança,
mandado de injunção e habeas data. 
4.3 Direitos sociais. 4.4 Nacionalidade. 
4.5 Direitos políticos.
4.6 Partidos políticos. 
5 Organização do Estado.
5.1 Organização político-administrativa. 5.2 Estado federal
brasileiro. 5.3 A União. 5.4 Estados federados.
5.5 Municípios. 5.6 O Distrito Federal. 5.7 Territórios.
6 Administração Pública. 6.1 Disposições gerais. 
6.2 Servidores públicos. 7 Organização dos poderes no
Estado. 7.1 Mecanismos de freios e contrapesos. 
7.2 Poder legislativo. 7.2.1 Estrutura, funcionamento e
atribuições. 7.2.2 Fiscalização contábil, financeira e orçamentária. 
7.2.3 Tribunal de Contas da União (TCU).
7.2.4 Processo legislativo. 7.2.5 Prerrogativas parlamentares.
7.3 Poder executivo. 7.3.1 Presidente da
República. 7.3.1.1 Atribuições, prerrogativas e responsabilidades. 
7.3.2 Ministros de Estado. 7.3.3 Conselho
da República e de Defesa Nacional. 
7.4 Poder judiciário. 7.4.1 Disposições gerais.
7.4.2 Órgãos do poder judiciário. 
7.4.2.1 Organização e competências. 
7.4.3 Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 
8 Funções essenciais à justiça.
8.1 Ministério Público. 
8.1.1 Princípios, garantias, vedações, organização e competências. 
8.2 Advocacia Pública. 
8.3 Defensoria Pública. 
9 Controle da constitucionalidade.
9.1 Sistemas gerais e sistema brasileiro. 
9.2 Controle incidental ou concreto. 
9.3 Controle abstrato de constitucionalidade. 
9.4 Exame in abstractu da constitucionalidade de proposições legislativas. 
9.5 Ação declaratória de constitucionalidade. 9.6 Ação direta de inconstitucionalidade. 
9.7 Arguição de descumprimento de preceito fundamental. 
9.8 Ação direta de inconstitucionalidade por omissão.
9.9 Ação direta de inconstitucionalidade interventiva. 
9.10 Controle concreto e abstrato de constitucionalidade do
direito municipal. 10 Defesa do Estado e das instituições democráticas. 
11 Finanças públicas. 11.1 Normas gerais. 
11.2 Orçamentos. 
12 Ordem econômica e financeira. 
12.1 Princípios gerais da atividade econômica.
13 Sistema Financeiro Nacional.

DIREITO ELEITORAL: 

1 Conceito e fontes. 
2 Princípios constitucionais relativos aos direitos políticos
(nacionalidade, elegibilidade partidos políticos) de que trata o Capítulo IV do
Título I da Constituição
Federal em seus arts. 14 a 17. 3 Lei nº 4.737/1965, e
suas alterações (Código Eleitoral). 
4 Organização da justiça eleitoral: composição e competências. 
5 Ministério Público Eleitoral: atribuições. 6 Alistamento
eleitoral. 6.1 Lei nº 4.737/1965, e suas alterações. 
6.2 Lei nº 6.996/1982, e suas alterações. 6.3 Lei nº 7.444/1985. 
6.4 Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 
21.538/2003. 6.5 Ato e efeitos da inscrição. 6.6 Segunda via. 
6.7 Transferência e encerramento. 6.8 Delegados partidários perante o
alistamento. 6.9 Cancelamento e exclusão de eleitor. 
6.10 Revisão e correição eleitorais. 7 Domicílio eleitoral.
8 Elegibilidade. 8.1 Conceito e condições. 
8.2 Lei Complementar nº 64/1990, e suas alterações
(Inelegibilidade). 8.3 Fatos geradores de inelegibilidade. 
8.4 Incompatibilidades, prazos e suspensão por
decisão judicial dos efeitos da inelegibilidade. 
9 Impugnação de registro de candidatura. 9.1 Competência
para julgamento, procedimentos, prazos e efeitos recursais no
âmbito da Lei Complementar nº 64/1990, e
suas alterações. 10 Partidos políticos (conforme a 
Constituição Federal, Código Eleitoral, Lei nº 9.096/1995,
e suas alterações): conceituação, destinação,
liberdade e autonomia partidárias, natureza jurídica, criação e
registro, caráter nacional, funcionamento parlamentar, 
programa, estatuto, filiação, fidelidade e disciplina
partidárias, fusão, incorporação e extinção,
finanças e contabilidade, prestação de contas e sanções dela
decorrentes, fundo partidário, acesso gratuito ao rádio e à televisão, 
propaganda partidária. 
11 Eleições (Código Eleitoral, Lei nº 9.504/1997, e suas alterações). 
11.1 Sistema eleitoral: princípio majoritário e
proporcional, representação proporcional, disposições gerais. 
11.2 Coligações. 11.3 Convenções para escolha de candidatos. 
11.4 Registro de candidatura: pedido, substituição, cancelamento, 
impugnação no âmbito da Lei nº 9.504/1997, e suas alterações. 
11.5 Arrecadação e aplicação de recursos nas campanhas
eleitorais: vedações inerentes e sanções. 
11.6 Prestação de contas de campanha. 11.7 Pesquisas e testes
pré-eleitorais. 11.8 Propaganda eleitoral (conforme o Código Eleitoral e 
a Lei nº 9.504/1997, e suas
alterações). 11.8.1 Propaganda na imprensa escrita, no rádio, na televisão, na Internet e por outros meios.
11.8.2 Direito de resposta. 
11.8.3 Condutas vedadas em campanhas eleitorais. 
11.8.4 Propaganda eleitoral
extemporânea e propaganda irregular (multa). 
11.8.5 Representação por conduta vedada. 
11.9 Eleições.
11.9.1 Atos preparatórios da votação. 
11.9.2 Seções eleitorais. 11.9.3 Mesas receptoras. 
11.9.4 Fiscalização
das eleições. 11.9.5 Polícia dos trabalhos eleitorais. 
11.9.6 Início da votação. 11.9.7 O ato de votar.
11.9.8 Voto no exterior. 11.9.9 Encerramento da votação. 
11.9.10 Órgãos apuradores. 11.9.11 Apuração nas
juntas eleitorais, nos tribunais regionais e no Tribunal Superior Eleitoral. 
11.9.12 Sistema eletrônico de
votação e totalização dos votos. 
11.9.13 Privilégios e garantias eleitorais: aspectos gerais, liberdade no
exercício do sufrágio, fornecimento gratuito de transporte,
em dias de eleição, a eleitores residentes nas
zonas rurais Lei nº 6.091/1974, e suas alterações. 
11.9.14 Impugnações e recursos. 11.9.15 Nulidades da
votação. 11.10 Diplomação dos eleitos: natureza jurídica, 
competência para diplomar e fiscalização.
11.11 Recursos eleitorais. 
11.11.1 Cabimento, pressupostos de admissibilidade, processamento, efeitos e
prazos. 11.11.2 Recursos perante juntas e juízos
eleitorais, tribunais regionais e Tribunal Superior.
11.12 Disposições finais da Lei nº 9.504/1997, e
suas alterações. 11.13 Dever eleitoral: sanções ao
inadimplemento, isenção, justificação pelo não comparecimento à eleição. 
11.14 Abuso de poder e
corrupção no processo eleitoral. 
11.14.1 Lei Complementar nº 64/1990, e suas alterações (investigação
judicial eleitoral). 11.14.2 Representação por captação ilícita de sufrágio
(art. 41-A da Lei nº 9.504/1997). 
11.14.3 Recurso contra a expedição de diploma. 
11.14.4 Ação de impugnação de mandato eletivo.
12 Crimes eleitorais. 12.1 Crimes eleitorais previstos no 
Código Eleitoral, na Lei Complementar nº 64/1990 e
na Lei nº 9.504/1997, e suas alterações. 
12.2 Processo penal eleitoral: ação penal, competência em matéria
criminal eleitoral, rito processual penal eleitoral com 
aplicação subsidiária do Código de Processo Penal.
12.3 Resolução do TSE nº 22.276/2006.
12.4 Lei nº 11.300/2006, e suas alterações (Lei da Minirreforma
Eleitoral). 13 Lei nº 12.034/2009. 14 Lei nº 13.165/2015.

DIREITO CIVIL: 

1 Lei de introdução às normas do direito brasileiro. 
1.1 Vigência, aplicação, obrigatoriedade,
interpretação e integração das leis. 
1.2 Conflito das leis no tempo. 1.3 Eficácia das leis no espaço. 2 Pessoas
naturais. 2.1 Conceito. 2.2 Início da pessoa natural. 
2.3 Personalidade. 2.4 Capacidade. 2.5 Direitos da
personalidade. 2.6 Nome civil.
2.7 Estado civil. 2.8 Domicílio. 2.9 Ausência. 3 Pessoas jurídicas.
3.1 Disposições Gerais. 3.2. Conceito e Elementos Caracterizadores.
3.3 Constituição. 3.4 Extinção.
3.5 Capacidade e direitos da personalidade. 
3.6 Domicílio. 3.7 Sociedades de fato. 3.8 Associações.
3.9 Sociedades. 3.10 Fundações. 3.11 Grupos despersonalizados.
3.12 Desconsideração da personalidade
jurídica. 3.13 Responsabilidade da pessoa jurídica e dos sócios. 
4 Bens. 4.1 Diferentes classes. 4.2 Bens
Corpóreos e incorpóreos. 4.3 Bens no comércio e fora do comércio.
5 Fato jurídico. 6 Negócio jurídico.
6.1 Disposições gerais. 6.2 Classificação e interpretação. 
6.3 Elementos. 6.4 Representação. 6.5 Condição,
termo e encargo. 6.6 Defeitos do negócio jurídico. 
6.7 Existência, eficácia, validade, invalidade e nulidade
do negócio jurídico. 6.8 Simulação. 
7 Atos jurídicos lícitos e ilícitos. 8 Prescrição e decadência. 9 Prova do
fato jurídico. 10 Obrigações. 10.1 Características. 
10.2 Elementos 10.3 Princípios. 10.4 Boa-fé.
10.5 Obrigação complexa (a obrigação como um processo). 
10.6 Obrigações de dar. 10.7 Obrigações de
fazer e de não fazer. 
10.8 Obrigações alternativas e facultativas. 
10.9 Obrigações divisíveis e indivisíveis.
10.10 Obrigações solidárias. 
10.11 Obrigações civis e naturais, de meio, de resultado e de garantia.
10.12 Obrigações de execução instantânea, diferida e continuada.
10.13 Obrigações puras e simples,
condicionais, a termo e modais. 
10.14 Obrigações líquidas e ilíquidas. 10.15 Obrigações principais e
acessórias. 10.16 Transmissão das obrigações. 
10.17 Adimplemento e extinção das obrigações.
10.18 Inadimplemento das obrigações. 
11 Contratos. 11.1 Princípios. 11.2 Classificação. 11.3 Contratos em
geral. 11.4 Disposições gerais. 
11.5 Interpretação. 11.6 Extinção. 11.7 Espécies de contratos regulados no
Código Civil. 12 Atos unilaterais. 
13 Responsabilidade civil. 14 Direitos reais. 14.1 Disposições gerais.
14.2 Propriedade. 14.3 Superfície. 
14.4 Servidões. 14.5 Usufruto. 14.6 Uso. 
14.7 Habitação. 14.8 Direito do promitente comprador. 
15 Direito de família. 
15.1 Casamento. 15.2 Relações de parentesco. 15.3 Regime
de bens entre os cônjuges.
15.4 Usufruto e administração dos bens de filhos menores. 
15.5 alimentos.
15.6 Bem de família. 
15.7 União estável. 15.8 Concubinato. 15.9 Tutela. 
15.10 Curatela. 
16 Lei nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso). 
17 Lei nº 8.245/1991, e suas alterações (Locação de imóveis urbanos).
17.1 Disposições gerais, locação em geral, sublocações, 
aluguel, deveres do locador e do locatário, direito
de preferência, benfeitorias, garantias locatícias, 
penalidades civis, nulidades, locação residencial, locação
para temporada, locação não residencial.

DIREITO PROCESSUAL CIVIL: 

1 Princípios do processo.
2 Jurisdição. 3 Ação. 3.1 Conceito, natureza,
elementos e características. 3.2 Condições da ação.
3.3 Classificação. 4 Pressupostos processuais.
5 Preclusão. 6 Partes e procuradores. 
6.1 Capacidade processual e postulatória. 
6.2 Deveres e substituição
das partes e procuradores. 
6.3 Procuradores.
7 Ministério Público. 8 Competência. 
8.1 Princípios. 8.2 Em
razão do valor e da matéria. 
8.3 Competência funcional e territorial. 
8.4 Modificações de competência e declaração de incompetência. 
9 O juiz. 
10 Atos processuais. 10.1 Forma dos atos.
10.2 Tempo e lugar.
10.3 Prazos. 10.4 Comunicação dos atos. 
10.5 Nulidades. 10.6 Valor da causa. 
11 Formação, suspensão e extinção do processo. 
12 Processo e procedimento. 
12.1 Disposições Gerais. 12.2 Procedimentos ordinário
e sumário. 13 Procedimento ordinário. 
13.1 Petição inicial. 13.2 Resposta do réu. 13.3 Revelia. 
13.4 Providências preliminares. 
13.5 Julgamento conforme o estado do processo.
14 Provas.
14.1 Disposições gerais. 14.2 Ônus da prova. 
14.3 Depoimento pessoal. 14.4 Confissão. 14.5 Exibição de
documento ou coisa. 14.6 Provas documental e testemunhal. 
14.7 Prova pericial. 14.8 Inspeção judicial.
15 Audiência. 16 Sentença e coisa julgada. 
17 Liquidação e cumprimento da sentença. 
18 Processo nos tribunais. 
19 Recursos. 19.1 Princípios. 
19.2 Efeitos. 19.3 Disposições gerais. 
19.4 Apelação. 19.5 Agravo.
19.6 Embargos de declaração. 
19.7 Embargos infringentes. 19.8 Recursos extraordinário e especial.
19.9 Recurso ordinário constitucional. 
19.10 Reexame necessário. 21 Ação de nulidade de sentença.
22 Pedido de suspensão de segurança.
23 Processo de execução. 23.1 Execução em geral. 
23.2 Diversas espécies de execução. 24 Embargos do Devedor. 
25 Execução por quantia certa contra devedor insolvente.
26 Suspensão e extinção do processo de execução. 
27 Execução de ações coletivas. 28 Processo cautelar e
medidas cautelares. 28.1 Disposições gerais. 
28.2 Procedimentos cautelares específicos. 
29 Procedimentos especiais. 29.1 Procedimentos especiais de jurisdição contenciosa e voluntária. 
30 Mandado de segurança.
31 Ação popular. 32 Ação civil pública. 
33 Ação de improbidade administrativa. 34 Reclamação constitucional. 
35 Lei nº 8.245/1991, e suas alterações (Locação de imóveis urbanos). 
35.1 Procedimentos.

DIREITO PENAL: 

1 Características e Fontes do Direito Penal.
2. Princípios aplicáveis ao Direito Penal.
3 Aplicação da lei penal. 3.1 A lei penal no tempo e no espaço.
3.2 Tempo e lugar do crime. 3.3 Lei penal
excepcional, especial e temporária. 
3.4 Territorialidade e extraterritorialidade da lei penal. 3.5 Pena
cumprida no estrangeiro. 3.6 Eficácia da sentença estrangeira. 
3.7 Contagem de prazo. 3.8 Frações não
computáveis da pena. 3.9 Interpretação da lei penal. 
3.10 Analogia. 3.11 Irretroatividade da lei penal.
3.12 Conflito aparente de normas penais. 
4 Teoria do Delito. 4.1 Classificação dos crimes. 
4.2 Teoria da Ação. 4.3 Teoria do tipo. O fato típico e seus elementos. 
4.4 Relação de causalidade. Teorias. Imputação
objetiva. 4.5 Tipos dolosos de ação. 
4.6 Tipos dos Crimes de Imprudência.
4.7 Tipos dos Crimes de Omissão.
4.8 Consumação e tentativa. 
5 Desistência voluntária e arrependimento eficaz. 
6 Arrependimento posterior.
7 Crime impossível. 8 Agravação pelo resultado.
9 Erro. 9.1 Descriminantes putativas. 9.2 Erro determinado
por terceiro. 9.3 Erro sobre a pessoa.
9.4 Erro sobre a ilicitude do fato (erro de proibição). 
10 Concurso de crimes. 
11 Ilicitude. 
12 Culpabilidade.
13 Concurso de Pessoas. 
14 Penas. 14.1 Espécies de penas.
14.2 Cominação das penas. 14.3 Aplicação da pena. 
14.4 Suspensão condicional da pena. 14.5 Livramento
condicional. 14.6 Efeitos da condenação. 
14.7 Reabilitação. 14.8 Execução das penas em espécie e
incidentes de execução. 14.9 Limites das penas. 
15 Medidas de segurança. 
15.1 Execução das medidas de segurança. 
16 Ação penal. 
17 Punibilidade e causas de extinção. 
18 Prescrição. 19 Crimes contra a pessoa.
20 Crimes contra o patrimônio. 
21 Crimes contra a propriedade imaterial. 
22 Crimes contra a organização do trabalho. 
23 Crimes contra o sentimento religioso e contra o respeito aos mortos.
24 Crimes contra a dignidade sexual. 25 Crimes contra a família.
26 Crimes contra a incolumidade pública. 27 Crimes contra a
paz pública. 28 Crimes contra a fé pública.
29 Crimes contra a Administração Pública. 30 Lei nº 7.716/1989,
e suas alterações (crimes resultantes de preconceitos de raça ou de cor). 
31 Lei nº 9.455/1997 (crimes de
tortura). 32 Lei nº 12.694/2012 e Lei nº 12.850/2013 (crime organizado). 
33 Lei nº 9.605/1998, e suas
alterações (crimes contra o meio ambiente). 
34 Lei nº 9.503/1997, e suas alterações (crimes de trânsito).
35 Lei nº 4.898/1965 (abuso de autoridade).
36 Lei nº 10.826/2003, e suas alterações (Estatuto do Desarmamento). 
37 Lei nº 9.613/1998 (Lavagem de dinheiro).
38 Convenção americana sobre direitos
humanos (Pacto de São José e Decreto nº 678/1992). 
39 Disposições constitucionais aplicáveis ao direito penal. 
40 Entendimento dos tribunais superiores acerca dos institutos de direito penal.

DIREITO PROCESSUAL PENAL: 

1 Processo Penal Brasileiro. Processo Penal Constitucional.
2 Sistemas e Princípios Fundamentais. 
3 Aplicação da lei processual no tempo, no espaço e em relação às pessoas.
3.1 Disposições preliminares do Código de Processo Penal. 
4 Fase Pré-Processual: Inquérito policial.
5 Processo, procedimento e relação jurídica processual. 
5.1 Elementos identificadores da relação processual. 
5.2 Formas do procedimento. 5.3 Princípios gerais e informadores do processo. 
5.4 Pretensão punitiva. 5.5 Tipos de processo penal. 
6 Ação penal. 
7 Ação civil Ex Delicto. 8 Jurisdição e Competência.
9 Questões e processos incidentes. 
10 Prova. 10.1 Lei nº 9.296/1996 (interceptação telefônica). 
11 Sujeitos do Processo. 
12 Prisão, medidas cautelares e liberdade provisória. 
12.1 Lei nº 7.960/1989 (prisão temporária). 
13 Citações e intimações. 
14 Atos Processuais e Atos Judiciais. 
15 Procedimentos.
15.1 Processo comum. 15.2 Processos especiais. 
15.3 Lei nº 8.038/1990 - normas procedimentais para os
processos perante o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o
Supremo Tribunal Federal (STF). 
16 Lei nº 9.099/1995 e Lei nº 10.259/2001, e suas alterações (juizados especiais criminais). 
17 Prazos.
17.1 Características, princípios e contagem.
18 Nulidades. 
19 Recursos em geral. 
20 Habeas corpus e seu processo. 
21 Normas processuais da Lei nº 7.210/1984, e suas alterações (execução penal). 
22 Relações jurisdicionais com autoridade estrangeira. 
23 Disposições gerais do Código de Processo Penal.
24 Entendimento dos tribunais superiores acerca dos institutos de direito processual penal.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: 

1 As reformas administrativas e a redefinição do papel do Estado.
1.1 Reforma do Serviço Civil (mérito, flexibilidade e responsabilização) e
Reforma do Aparelho do Estado.
2 Administração Pública: do modelo racional-legal ao paradigma pós-burocrático.
2.1 O Estado oligárquico e
patrimonial, o Estado autoritário e burocrático, 
o Estado do bem estar, o Estado regulador.
3 Empreendedorismo governamental e novas lideranças no setor público.
3.1 Processos participativos de
gestão pública: conselhos de gestão, orçamento participativo, 
parceria entre governo e sociedade.
4 Governo eletrônico. 4.1 Transparência da administração pública.
4.2 Controle social e cidadania.
4.3 Accountability. 5 Excelência nos serviços públicos. 
5.1 Gestão por resultados na produção de serviços
públicos. 5.2 Gestão de Pessoas por Competências. 
6 Comunicação na gestão pública e gestão de redes organizacionais. 
7 Governabilidade e governança.
7.1 Intermediação de interesses (clientelismo,
corporativismo e neocorporativismo). 
8 Mudanças institucionais: conselhos, organizações sociais,
Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP),
agência reguladora, agência executiva.
9 Processo de formulação e desenvolvimento de políticas: construção de agendas, formulação de políticas, implementação de políticas. 


- Receba sua Apostila em CD-ROM ou via Download (email) : A escolha é sua ao comprar (ver detalhes abaixo). 

- Apostila prática e de fácil utilização (não precisa instalar).

-  Apostila digital para visualização em seu computador ou notebook.

- Não funciona em Tablets ou similares!

- É Possível Imprimir!

 


 

SOBRE O ENVIO

APOSTILA ENVIADA VIA DOWNLOAD (email):
Prazo de entrega em até 1 dia útil após a confirmação de pagamento.
É recomendável que tenha acesso a banda larga (estável) e uma noção mínima de informática.
APOSTILA ENVIADA VIA CORREIOS:
1) Encomenda normal:
Frete: Para compras cujo valor do produto esteja acima de R$ 25,00, frete grátis para todo Brasil!
Prazo de entrega dos Correios: de 03 a 10 dias úteis (dependendo da localidade) após confirmação do pagamento.
2) Sedex:
Frete: Calculado a partir de seu CEP. Valor informado no carrinho de compras (próximos passos).
Prazo de entrega dos Correios: 1 a 2 dias úteis!

No dia seguinte à postagem, você receberá via e-mail o código de rastreio para acompanhar sua encomenda no site dos Correios.